Portaria Remota: como funciona?

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Hoje existem inúmeras soluções tecnológicas que foram desenvolvidas para resolver nossos problemas do dia-a-dia. A automação veio para otimizar e até mesmo substituir o trabalho humano por equipamentos eletrônicos capazes de executar as mesmas tarefas que antes eram realizadas por pessoas. A portaria remota é um grande exemplo disso. No entanto, muitos síndicos ainda têm dúvidas sobre como funciona a portaria remota e se realmente vale a pena a sua implantação.

Mas afinal, o que é a portaria remota?

A portaria remota é um sistema de automação que substitui a presença física de um porteiro pelo monitoramento e controle de acesso através de uma central de atendimento operada por técnicos especializados. Dessa forma, o processo é realizado por meio de softwares de segurança específicos, controlados remotamente.

A portaria remota é hoje uma das soluções mais viáveis para controle de acesso nos condomínios pois prometem aumentar o nível de segurança inibindo a ação dos criminosos e ainda reduzir os custos do condomínio com folha de pagamento.

Agora que você já sabe o que é portaria remota, quais seriam as vantagens e desvantagens de migrar para esse tipo de portaria inteligente?

O sistema de portaria remota é passível de alguns problemas como falta de energia elétrica e falhas de conexão. Além disso, a adaptação de alguns moradores à tecnologia e à falta de contato humano também pode ser um entrave.

No entanto, existem inúmeros benefícios de se implantar a portaria remota num condomínio. O que mais atrai a atenção dos síndicos e condôminos é a drástica redução de custos relacionados às despesas trabalhistas. Dessa forma, é possível diminuir a taxa condominial uma vez que o condomínio não precisa manter os porteiros físicos. Além disso, com a economia gerada pela portaria remota, é possível dar atenção a outras necessidades do condomínio.

Outra grande vantagem é que a segurança do condomínio aumenta consideravelmente, uma vez que o controle de acesso passa a ser mais rigoroso devido ao monitoramento remoto. Dessa forma, os moradores ganham mais tranquilidade pois estarão menos expostos às situações de risco como roubos, sequestros e outras ações criminosas. Além disso, não há risco de rendição dos porteiros.

Agora que você já conhece a portaria remota e suas vantagens, que tal substituir a portaria física do seu condomínio para obter mais segurança e ainda reduzir custos? Como vimos neste artigo, é uma excelente alternativa! Mas fique atento! Antes de contratar este tipo serviço, consulte os condôminos para entender se será uma solução adequada ao perfil do condomínio. Uma vez decidido pela implantação, pesquise bem antes de contratar e opte por empresas bem avaliadas no mercado para ter mais garantias de uma boa prestação de serviço.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Outras publicações

Entre em contato conosco

× Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday